Aires Antunes Diniz nasceu em Vila Cabral, Moçambique, onde o pai era Sargento de Infantaria. Nasceu por mera coincidência no dia 12 de Novembro de 1951, o dia do aniversário das almas na aldeia de Pousade do Concelho e Distrito da Guarda, que assume como a sua aldeia.

Fez o Ensino Primário até à Terceira Classe em Lourenço Marques, a 4ª Classe em Pousade e em Rio Tinto, concelho de Gondomar. Frequentou o Liceu Alexandre Herculano entre 1962 e 1969. Ganhou aí uma sólida cultura humanística e um ainda mais sólido e notado sotaque nortenho. A cidade do Porto apossou-se dele, que a assume como a sua cidade, onde criou consciência da realidade das regiões e da necessidade da sua afirmação. Iniciou o curso de Economia na Faculdade de Economia da Universidade do Porto, mas em 1970 foi para Lisboa onde se licenciou em Finanças no Instituto Superior de Economia.

Em 1975, tem uma curta passagem como professor da Escola Técnica e Comercial da Guarda, faz então a refundação do Sindicato de Professores com outros colegas. É então membro do executivo distrital da Guarda. No final deste ano, veio para Coimbra para iniciar o ensino da Contabilidade na nascente Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.

Em colaboração com o Friedrich O. Wolf, publica o seu primeiro trabalho em 1978. Tem o título Opções Políticas dos professores e Sindicalismo, Vértice 404/405, págs.52-89. Publica diversos artigos sobre Educação, Economia e Sociologia, entre os quais avulta artigos sobre a realidade regional das Beiras. Deste trabalho resulta em 1983 o livro As Beiras: Estudo Sócio-económico, edição do autor, 346 páginas, 1983.

É um trabalho que continua após a sua saída da Faculdade de Economia, dando sempre um cunho mais reforçado de análise regional. Continua, por isso, a colaborar na Imprensa Regional, nomeadamente no Boletim da Junta de Freguesia de Taveiro, no Jornal do Fundão e noutros. Participa no Conselho de Redacção da Revista O Professor. Escreve diversos textos sobre Educação, em particular sobre aspectos da economia, sociologia e gestão do processo educativo.

Publica A Lógica da Pesquisa Científica e a Pluralidade dos métodos ou como a Filosofia é demasiado importante para ser deixada aos filósofos, editado pela Livraria Minerva.

Participa em diversos congressos sindicais e profissionais. Colabora na imprensa regional quer com carácter esporádico ou militante, quer com carácter regular. No primeiro caso estão o Jornal de Coimbra, Diário de Coimbra, Gazeta do Interior, Tribuna Desportiva, o segundo caso estão o Diário "As Beiras" e o semanário "Terras da Beira".

Foi consultor do Gabinete de Estudos da ASPP(Associação Sócio-Profissional da Polícia). Estuda também a realidade regional como consultor da União de Sindicatos de Coimbra, fazendo com o apoio do IEFP um estudo sobre: O Mercado de Trabalho no Distrito de Coimbra.Formação Escolar e Profissional.O Futuro na Década de 90.

Resume-o e apresenta-o no dia 7 de Abril de 1993, no 1º Encontro de Economistas de Língua Portuguesa. Tem também para publicação o trabalho:

-1992- O ano da nossa impreparação, Setembro de 1993, com cerca de 250 páginas, já resumido e publicado no Boletim da Junta de Freguesia de Taveiro em Novembro de 1993.
-1995- O Mercado da Segurança - Organização e Gestão, II Encontro de Economistas de Língua Portuguesa, Setembro de 1995, publicado na primeira parte das actas, editadas pelo Instituto de Economia Industrial, Universidade Federal do Rio de Janeiro, págs ?.

1995 - Agentes e Principais - Um novo programa de pesquisa ou mudança de paradigma da Economia, II Encontro de Economistas de Língua Portuguesa, Setembro de 1995, publicado na segunda parte das actas, editadas pelo Instituto de Economia Industrial, Universidade Federal do Rio de Janeiro, págs. 801-807.

-1996- Em termos científicos, participa no I Congresso Luso Brasileiro de História da Educação. Apresenta duas comunicações aceites ao II Encontro de Economistas de Língua Portuguesa, mas não pode participar nele. Faz ainda duas comunicações ao IV Encontro da APDR. São estas:

1996 - Escolarização e Desenvolvimento Capitalista em Portugal, I Congresso Luso-Brasileiro de História da Educação, Janeiro de 1996.

1996 - A Crise da Economia da Globalidade e as perspectivas de desenvolvimento da Beira, IV Encontro Nacional da APDR, 21-23 de Novembro.

1996 - A Visibilidade dos Problemas Regionais - O papel da Imprensa, IV Encontro Nacional da APDR, 21-23 de Novembro.

-1997- Publica Economia: Ciência Sitiada em 1997, onde recolhe diversos trabalhos de Economia apresentados nos Encontros da APDR, Economistas de Língua Portuguesa e outros Congressos ou eventos similares.
1994/1997 Lecciona na UBI (Universidade da Beira Interior) entre 1994 e 1997, participa por isso no Congresso do Ensino Superior em finais de 1995, um marco que antevê como fundamental no relançamento do Ensino Superior.
No aspecto político da cidade de Coimbra, participa ainda n' O Toino, jornal da CDU da Freguesia de Santo António dos Olivais.

Participa na vida cultural da Guarda com Beira Interior - Notícia Histórica - Oppidana, ano VIII, nº 35, IV Série, Nov 95, págs. 37-38, com Jerónimo José de Melo - Medicina e Utopia Social, in Praça Velha, Revista Cultural, Junho de 1997, nº1, págs 51-68; Jerónimo José de Melo - Protagonista Social, Praça Velha, Revista Cultural, Novembro de 1997, nº2, págs 51-59; Jerónimo José de Melo - O Provocador Social, Praça Velha, Revista Cultural, Maio de 1998, nº3, págs 87-93. Prepara textos para a edição na Internet que retratam o concelho da Guarda.

Participa na vida Cultural da Covilhã com:

Viagens na Serra, Florinda, Revista Cultural, Trimestral, Outubro 1997, nº2, págs 31-32, edição da Biblioteca Municipal da Covilhã; e A Intervenção dos Homens de Ciência na Covilhã, nº4, págs ?, edição da Biblioteca Municipal da Covilhã, a sair.

Apresentou uma Comunicação no II Congresso Luso-Brasileiro de História da Educação em 1998 com o título: Atraso e o Progresso da Educação - O papel do Conselho Superior de Instrução Pública no Período 1836-1871, 16-19 Fevereiro de 1998.

Apresentou no III Encontro de Economistas de Língua Portuguesa em 28-30 Junho duas comunicações: "O curso económico e administrativo e o novo paradigma tecnológico português"; "Azar - Incursão nos domínios das escolhas perversas".


[ Voltar à home Page ]


© 1998, Aires Antunes Diniz
Estas páginas têm o apoio da: